Se o Caribe está entre os destinos dos seus sonhos, mas a grana está curta, existe um cantinho aqui no Brasil, mais especificamente a 165 km do Rio de Janeiro, que vai te transportar para lá. Arraial do Cabo é um pedaço do paraíso aqui no Brasil e não é exagero dizer que lá se concentram as praias mais bonitas do Brasil.

São praias de águas cristalinas e de areia bem branquinha com uma rica vida marinha e, não à toa, a cidade é conhecida como a Capital do Mergulho. Separamos aqui as melhores dicas sobre Arraial do Cabo: o que fazer, as praias imperdíveis e as melhores dicas gastronômicas.

O que fazer em Arraial do Cabo em 3 dias?

O mar é o que atrai visitantes a Arraial do Cabo, portanto, nada mais justo que curtir cada segundo. A cidade é composta por oito praias, mas essas cinco são obrigatórias para o viajante.

1. Praia do Farol

A Praia do Farol é uma das mais incríveis e é considerada “a praia mais perfeita do Brasil” segundo o INPE, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. E se você pensa que por causa dessa fama a praia é superlotada, está enganado. Por ser protegida pela Marinha do Brasil, seu acesso é limitado.

A única maneira de chegar até lá é através de embarcações autorizadas e o tempo de visitação é controlado – apenas 250 visitantes a cada 45 minutos. O passeios partem da Praia dos Anjos e duram de três a quatro horas, passando também por outras praias.

2. Praia do Forno

A Praia do Forno é mais um dos cartões postais de Arraial. O acesso até ela também pode ser feito de barco ou através de uma trilha que dura em torno de 20 minutos – apesar de não ter alto grau de dificuldade, se você está com crianças prefira ir pelas embarcações. Quem enfrenta a trilha é recompensado com uma vista estonteante das águas calmas e cristalinas cercadas pela natureza.

Na praia você encontra tudo o que necessita para passar um dia: bares, barracas, carrinhos de comida, aluguel de guarda-sol e cadeiras. Por ser de fácil acesso, costuma estar lotada aos finais de semana e feriados, mas nada que estrague o clima do lugar.

3. Prainhas do Pontal do Atalaia

Não confunda as Prainhas do Pontal do Atalaia com a Prainha, que fica na entrada da cidade. Apesar de ambas serem incríveis, esta vai ganhar seu coração. A areia é bem branquinha e fina e o mar varia em tons de verde e azul. Por oferecer mais formas de acessibilidade, costuma ser mais cheia.

Os visitantes podem chegar até lá através das embarcações que partem da Praia dos Anjos – ela é um dos pontos de parada do roteiro que vai à Ilha do Farol – em barco-táxi – podendo ir direto à praia – ou de carro, indo até o Pontal do Atalaia. Chegue cedo, pois as vagas para veículos são limitadas. A infraestrutura do lugar deixa a desejar, e você irá encontrar apenas algumas barracas com petiscos.

4. Praia Grande

Como o próprio nome sugere, esta é uma praia de grande extensão, de modo a se perder de vista o mar azulzinho e a faixa de areia branca. É o point para a galera do surf, pois as ondas de mar aberto garantem boas manobras. Não desanime ao se deparar com a água gelada – em algumas épocas do ano ela pode chegar a 8ºC.

Para curtir o dia nesse paraíso, logo no começo da orla existem restaurantes, quiosques e lugares para alugar equipamentos. Outra dica de ouro é ficar para curtir o pôr do sol, que é considerado um dos mais bonitos de Arraial.

5. Prainha

A Prainha dá boas-vindas a quem chega a Arraial do Cabo e dá uma pequena amostra do que vem pela frente. Por ser de fácil acesso e oferecer grande variedade de barracas e quiosques, ela vai estar sempre cheia, mas caminhe com paciência até o canto esquerdo que você chegará até o paraíso da tranquilidade e terá mais espaço para esticar a canga.

A cor do mar é impressionante, variando em tons de azul claro e escuro, e a tranquilidade das águas torna o passeio inesquecível para famílias com crianças.

O que fazer em Arraial do Cabo à noite?

Não espere encontrar em Arraial uma vida noturna agitada assim como na vizinha Búzios. A cidade tem clima de interior, mas existem algumas opções para comer e tomar uma gelada no fim do dia.

6. Bar do Mazinho

O Bar do Mazinho é um cantinho tradicional e famoso por servir o melhor pastel de bacalhau da região. No cardápio, um prato de sucesso é o aipim com carne seca. O ambiente é simples, porém aconchegante, e o atendimento de primeira.

  • Endereço: R. José Francisco, 256 – Praia Grande.
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 8h às 22h.
  • Valor de entrada: gratuito.

7. El Farol Bar

O El Farol Bar tem clima praiano, música ao vivo, bons drinks e petiscos. No cardápio, pizza, hambúrguer e frutos do mar. As caipirinhas da casa também fazem sucesso e sempre há alguma promoção no happy hour. O clima é intimista e o atendimento agrada os frequentadores.

  • Endereço: R. Nilo Peçanha, 1 – Praia dos Anjos.
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo, a partir das 17h.
  • Valor de entrada: gratuito.

8. República Pub

Este é um dos poucos bares de Arraial e é o point de quem quer curtir até um pouco mais tarde. A casa tem música ao vivo, petiscos para compartilhar e, claro, cerveja gelada. O ambiente é fechado, mas conta com mesinhas do lado de fora, e atende com tranquilidade casais e grupos de amigos.

  • Endereço: R. Tókio, 76 – Praia dos Anjos.
  • Horário de funcionamento: sextas e sábados, das 20h às 2h.
  • Valor de entrada: gratuito.

9. Point Calamares

O Point Calamares é um restaurante à beira-mar com uma bela vista para a Praia Grande. Não há clima mais praiano do que curtir o pôr do sol sentindo a brisa do mar e ouvindo música ao vivo. O cardápio é variado, e entre as opções serve pratos, petiscos de frutos do mar e caipirinhas.

  • Endereço: Praia Grande.
  • Horário de funcionamento: às segundas, quartas e quintas, das 14h às 0h; sextas e sábados, das 12h à 1h; domingos, das 11h à 0h; fechado às terças.
  • Valor de entrada: gratuito.

10. Bacalhau do Tuga

O Bacalhau do Tuga é um dos restaurantes que precisam estar no seu roteiro gastronômico, seja para um almoço ou jantar. O cardápio é inspirado na gastronomia portuguesa e serve delícias como camarão, moqueca, bacalhau e uma imperdível farofa de coco. Entre as entradas famosas está o Prego no Pão, um suculento filé mignon no pão francês.

Se está em dúvida do que pedir, as simpáticas atendentes sempre estarão lá com as melhores indicações. O espaço conta com um charmoso terraço com vista para o mar.

  • Endereço: R. Santa Cruz, 3 – Praia dos Anjos.
  • Horário de funcionamento: de terça a quinta, das 17h às 23h; sexta, sábado e domingo, das 13h às 23h.
  • Valor de entrada: gratuito.

O que fazer em Arraial do Cabo com chuva?

Arraial costuma ter tempo bom o ano inteiro, e mesmo durante o período mais chuvoso – dezembro e janeiro – os volumes de chuva são baixos. Mas caso você esteja na cidade e se depare com essa situação, aproveite o tempinho para algumas atividades culturais.

11. Museu Oceanográfico

O Museu Oceanográfico reúne estudos do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, da Marinha Brasileira. Lá estão expostos equipamentos relacionados aos oceanos e organismos marinhos coletados na região. As maiores atrações são o esqueleto de uma orca de seis metros que morreu após ter encalhado em Cabo Frio em 1981, e o peixe-rei, capturado na Praia Grande em 1990.

  • Endereço: Praça Daniel Barreto s/nº – Praia dos Anjos.
  • Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 17h; sábados e feriados, das 13h às 18h; durante a alta temporada (de novembro a fevereiro), das 14h às 19h.
  • Valor de entrada: R$ 3,00

É difícil não se apaixonar por Arraial do Cabo. E agora que você já sabe como aproveitar, é só esperar o próximo feriado, arrumar as malas e partir para o paraíso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui